Start


Irei falar sobre algumas novidades no Server Manager do Windows Server 2012.

O Server 2012 mudou bastante, principalmente o gerenciamento, escalabilidade e praticidade em lidas com situação complicadas.

Usando o Gerenciador de Servidor no Windows Server 2012, podemos executar algumas tarefas mais facilmente e muito mais rápidas em comparação ao Gerenciador de Servidor do Windows Server 2008.

Nas versões anteriores ao Windows Server 2012, tínhamos uma série de limitações relacionadas à instalação e gerenciamento de papeis e funções em servidores na nossa organização.

Era preciso em muitos casos acessar diretamente o console ou remotamente para executar diversas ações, tais como:

  • Instalar papéis e funções.
  • Gerenciar problemas
  • Analisar o status de cada servidor e outras.

Agora vamos falar um pouco do novo Server Manager:

Mais interativo para alguns e não tanto para outros, mas muito funcional para um administrador, o Gerenciador de Servidor no novo sistema operacional Microsoft veio para revolucionar nosso gerenciamento do parque de infraestrutura de nosso Datacenter, juntamente com diversas melhorias que irei lhes falar.

Agora podemos:

Gerenciar múltiplos servidores através de uma única instancia do gerenciador de servidor: com essa nova funcionalidade, fica muito mais fácil à administração do gerenciamento de seus servidores, mesmo seus servidores tendo papéis diferentes na sua organização.

Com o poderoso Server Manager podemos agora criar grupos de servidores, isso nos deixa em uma situação muito organizada, pois podemos organizar para melhorar a velocidade e a qualidade, pois poderíamos instalar uma nova função em todos os servidores presente nesse grupo de uma só vez, o melhor é que o Server Manager gerencia e organiza automaticamente pra gente, essa organização é separada por função, podemos também, organizar por localização, departamento.

Podemos agora instalar remotamente funções e papeis em servidores localizados na sua sub-rede ou fora de sua sub-rede, apenas precisa ser membro de seu domínio, podemos até promover um determinado servidor membro a DC remotamente.

Com o magnifico Power Shell introduzido no Windows Server 2012, temos um numero muito maior de cmdlets disponíveis para podermos utilizar, e todos os comandos executados via GUI, é gerado um resultado em cmdlets (PowerShell).

Agora não precisamos acessar servidor por servidor, para visualizarmos o status de todos os serviços (papeis e funções) em servidores, de um local centralizado temos um Status em nossas mãos.

Thiago Guirotto.

Até a próxima.